Loading...

Fogão A Lenha - COD FL-17


Um fogão de lenha, fogão a lenha ou, ainda, fogão caipira, consiste em um utensílio culinário utilizado para preparar alimentos.

Esses fogões são muito comuns na culinária caipira dos estados de São Paulo e Minas Gerais. No Rio Grande do Sul e Santa Catarina também são amplamente utilizado, sobretudo nas áreas rurais. Várias receitas são preparadas nesse artefato, variando conforme a cultura local, indo desde o famoso tutu à mineira até a cuca gaúcha.

O nome primitivo dado pelos índios Timbiras e Tupi-Guaranis ao fogão a lenha que utilizavam, era Tucuruba. Nesse artefato, fogo era feito em um buraco construído diretamente no chão, protegido por algumas pedras. Sobre essas pedras se assentavam as vasilhas de barro e cerâmica. Com o passar do tempo, esse fogão foi sendo modificado e, pelo sabor singular que deixa no alimento, passou também a ganhar espaço nas cozinhas das casas dos bandeirantes.

Durante o período escravista, eram feitos em grandes tamanhos, para que fosse possível se cozinhar grandes quantidades de comida para abastecer as senzalas. Fogões menores eram destinados a elaboração de assados, pães bolos, pudins e compotas das casas dos senhores.

Com o tempo, esse artefato caiu em desuso, sendo substituído pela praticidade proporcionada pelos fogões e fornos a gás, ficando seu uso mais restrido às áreas rurais. Mesmo assim, pesquisas indicam que mais de 90% das casas situadas nas áreas rurais do estado de Minas Gerais ainda têm esse acessório.

O uso desses fogões na áreas urbanas tem aumentado, com a passar dos anos esses fogões voltaram a ganhar destaque, sobretudo nas habitações construídas para o lazer, como chácaras, ranchos e terraços gourmet devido, sobretudo, ao sabor único do alimento preparado com lenha.

Itens Relacionados

COD FL-04 - COD FL-04
COD FL-15 - COD FL-15
COD FL-08 - COD FL-08
COD FL-03 - COD FL-03
COD FL-23 - COD FL-23
COD FL-09 - COD FL-09

Formas de Pagamento - Alvim Grill
Showroom - Alvim Grill
Whatsapp - Alvim Grill
Alvim Grill - Tradição desde 1996